Abril 21, 2024

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, decidiu mandar libertar, entre segunda e esta terça-feira, 137 pessoas acusadas de participar no ataque de 8 de Janeiro em Brasília.

Segundo o Notícias ao Minuto, que cita a CNN Brasil, todos ficarão com pulseira electrónica, proibidos de usar redes sociais, falar com outros envolvidos no processo, e terão ainda de entregar os seus passaportes, que serão cancelados.

Moraes exigiu ainda que semanalmente se apresentem na comarca das cidades onde vivem. 

Fontes revelaram ao mesmo meio que o ministro tem decidido libertar os detidos que tiveram condutas menos graves. 

Os suspeitos estão agora autorizados a sair da prisão e retornar aos seus estados de origem, como São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Pernambuco, Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Alagoas, Pará, Rio Grande do Sul e Ceará.

JA Online

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *