Abril 25, 2024

 Uma delegação chefiada pela ministra das Pescas e do Mar, Carmen Sacramento dos Santos, participa, desde quinta-feira, na cidade do Panamá, na VIII Conferência Internacional sobre os Oceanos, denominada “Nosso Oceano”..

De acordo com uma nota enviada ao Jornal de Angola, o evento, que hoje termina, busca consensos de um possível acordo para a protecção das águas internacionais e usar tecnologias de satélite para combater a pesca ilegal.

A conferência, a primeira do género a realizar-se num país da América Central, debate ainda os novos compromissos para promover a Economia Azul e a expansão das áreas marinhas protegidas.

Cerca de 600 delegados de Governos, empresas e Organizações Não-Governamentais avaliam as inúmeras iniciativas para reduzir a poluição com plásticos e outros resíduos, acabar com a mineração em alto mar e financiar projectos de protecção marinha.

O evento é uma iniciativa de John Kerry, antigo secretário de Estado norte-americano na administração de Barack Obama, que promoveu, em 2014, a realização de uma Conferência Mundial sobre os Oceanos para enfrentar os desafios ambientais, bem como buscar o desenvolvimento sustentavel do ecossistema

Integram a delegação angolana na VIII Conferência sobre os Oceanos, a embaixadora de Angola em Cuba e não residente no Panamá, Maria Cândida Teixeira, Tânia Barreto, directora nacional dos Assuntos Marinhos, Sandra Pinheiro de Freitas e Reis Jamba, directora adjunta do gabinete e consultor da ministra, respectivamente, além de diplomatas da Missão angolana em Havana, Cuba.

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *