Abril 21, 2024

A Casa Branca acusou sexta-feira a Rússia de tentar destabilizar a Moldova, país de língua romena da ex-União Soviética, inclusive através de manifestações, com o objetivo de nele instalar um governo simpatizante da sua causa.

“Pensamos que a Rússia está a tentar enfraquecer o governo da Moldova, certamente com o objectivo final de ter uma administração mais favorável” na liderança do país, afirmou o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, John Kirby.

A Moldova, antiga zona de influência da Rússia, é agora dirigida por autoridades assumidamente pró-europeias, tal como a vizinha Ucrânia, que combate há mais de um ano a invasão do seu território por tropas russas.

A União Europeia concedeu em Junho o estatuto de candidatos à adesão ao bloco comunitário tanto à Ucrânia como à Moldova.

Washington considera que Moscovo está a tentar destabilizar a Transnístria, região separatista pró-russa da Moldova.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *