Fevereiro 29, 2024

O antigo ministro de Estado e Chefe da Casa Militar, Manuel Hélder Vieira Dias Júnior “Kopelipa”, vê-se impedido de viajar para o exterior do país, para acompanhar de perto um dos filhos, Kopelipa Júnior “Buchecha”, que se encontra a receber tratamento médico, em Espanha.

O impedimento está relacionado a uma interdição de saída movida pelas autoridades na sequencia de problemas judiciais.

A última vez que esteve em Espanha, foi em 2021, altura em que esteve acompanhar um outro filho (Saidy Pitta-Gros Vieira Dias), e um irmão (Paulino José Vieira Dias), que estava a receber tratamento médico em Barcelona. O general era o elemento da família que os acompanhava de perto.

Depois deste período surgiram as investigações movidas pelas PGR. Viu-se também impossibilitado de visitar o antigo Presidente Eduardo dos Santos que se encontrava no leito da morte em Barcelona.

A interdição de saída de “Kopelipa” e de outros membros do regime, tem sido acompanhada com reparos segundo as quais, desde que João Lourenço chegou ao poder, o seu regime tem estado a ser implacável para com os adversários, e críticos que tem problemas com a justiça. Aos detidos lhes é limitado o direito a assistência médica, e negação de sair do mesmo que em situações humanitárias em que se requer sensibilidade humana.

Club-K

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *