Fevereiro 25, 2024

Sumbe – Mais de trezentas crianças desfavorecidas na cidade do Sumbe beneficiaram sexta-feira de bens alimentares, material escolar e roupa usada, numa iniciativa da Fábrica de Cimento do Cuanza Sul, com vista a suprir algumas dificuldades que os menores enfrentam.

Na ocasião, a chefe do serviço provincial do Instituto Nacional da Criança (INAC), Viriwneza de Matos, enalteceu o gesto da unidade fabril em solidarizar-se com os petizes vulneráveis do Sumbe, referindo que a criança para crescer precisa de alimentação saudável e bem-estar.

“Queremos parabenizar a Fábrica de Cimento do Cuanza Sul pela iniciativa, porque todos nós, o Estado, a sociedade e a família, temos o dever de cuidar das nossas crianças, por isso apelo às demais organizações a seguir o mesmo exemplo de solidariedade para com os mais carentes”, salientou.

Por sua vez, o chefe da administração e recursos humanos da Fábrica de Cimento do Cuanza Sul, Júlio João, reiterou o compromisso da instituição de continuar a apoiar as crianças vulneráveis da província do Cuanza Sul.

“A criança é o futuro do amanhã e pelo valor que ela representa na sociedade assumimos o compromisso de continuar a apoiar para que cresçam saudáveis”, acrescentou.

ANGOP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *