Maio 19, 2024

O mercado conta com um novo produtor de arroz que prevê colher 20 mil toneladas em cinco mil hectares já preparados em Luquembo, província de Malanje.

Trata-se da empresa Marsiris, que entrou no mercado há menos de um ano e já produziu, a título experimental, no primeiro trimestre deste ano, quatro mil toneladas de arroz em 600 hectares.

Para a concretização, dos objectivos, segundo a gestora administrativa da empresa, Sónia Morais, em Agosto e Setembro deste ano começam os trabalhos de tratamento e plantio do arroz para a sua colheita no primeiro semestre de 2024.

Para a safra das 20 mil toneladas, a Marsiris  está a trabalhar também com as famílias camponesas locais, em Malanje, oferecendo-lhes
  apoios no tratamento da terra, entregando sementes e garantindo a compra do produto final.  
      
Sónia Morais disse que a iniciativa da empresa está integrada no Planagrão – Plano Nacional de Produção de Grãos, e têm o apoio do Executivo angolano.

Um dos objectivos da Marsiris nesse mercado, segundo a gestora,  é contribuir para a redução da importação do arroz.

Falando das perspectivas, disse que espera,  num futuro breve, produzir em dez mil hectares de terra, que seria a capacidade máxima de produção da empresa.

Sónia Morais informou que a Marsiris é uma iniciativa privada que conta com a participação de um investidor estrangeiro especializado na cultura do arroz.

ANGOP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *