Maio 19, 2024

Mais de 3,2 mil milhões de kwanzas foram disponibilizados pelo Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher para suportar as despesas para a implementação do Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate à Pobreza (PIDLCP), durante o ano 2022, na província do Cuando Cubango.

A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Ana Paula do Sacramento Neto, fez este pronunciamento, quarta-feira, no final da inauguração do Centro de Acção Social Integrado (CASI), da cidade de Menongue, orçado em cerca de 99 milhões de kwanzas e edificado num período de 11 meses pela construtora HCY.

Ana Paula do Sacramento Neto disse que os nove municípios da província receberam, mensalmente, 28 milhões de kwanzas, sendo 25 milhões para o combate à pobreza e três milhões para a merenda escolar, que permitiu que mais de 100 famílias em cada localidade beneficiassem do PIDLCP.

Ana Paula do Sacramento Neto disse que em termos de execução física e financeira, os valores apresentados correspondem à realidade, o maior problema teve a ver com o enquadramento da justificação das acções por parte dos intervenientes.

A ministra da Acção Social Família e Promoção da Mulher afirmou que o PIDLCP é o único programa que continua a ser a base de estabilidade do funcionamento das Administrações Municipais e a sustentabilidade no apoio directo de muitas famílias que se encontram na condição de vulnerabilidade extrema e promove a integração de cidadãos em actividades geradoras de rendimento.

A governante acrescentou que a nível do Cuando Cubango, a avaliação que se faz da implementação do PIDLCP é bastante positiva, tendo em conta que os municípios conseguiram realizar um bom trabalho, mas tiveram inúmeras dificuldades para introduzir as realizações no Sistema Informático de Gestão das Acções de Programa de Combate à Pobreza (SIGAPCP).

Segundo a governante, durante o seminário sobre a utilização do SGAPCP fez-se a correcção do método de introdução de dados relacionados com o programa de merenda escolar, a fim de se obter os dados reais de quantos alunos e escolas têm sido contempladas e analisar o que pode ser feito para melhorar este projecto.

“Fizémos a avaliação da implementação do PIDLCP no Cuando Cubango no ano de 2022 e, nesta senda, monitorizamos como será implementado em 2023”, disse, defendendo a necessidade de fazer-se mais e melhor com as verbas que são disponibilizadas para a edificação destes programas, para que se atinjam os objectivos preconizados.

Outros projectos

Ana Paula do Sacramento Neto disse que o seu ministério elaborou um esboço sobre o que tem de ser feito para prestar mais apoio ao grupo étnico-linguístico Khoisan e, não obstante isso, o Governo do Cuando Cubango tem estado a trabalhar de perto com o  grupo.

“Vamos continuar a fazer este trabalho, para que no final o Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher e o Governo do Cuando Cubango auscultem as comunidades sobre o que mais as inquietam”, disse a ministra.

A governante frisou que um dos projectos a serem implementados é o da candidatura para o prémio Mulheres de Mérito, mas para tal é necessário que o gabinete provincial da Acção Social, Família e Promoção da Mulher localize todas as mulheres criativas, com grandes iniciativas, que apostam na agro-pecuária e exerçam o seu trabalho com êxito.

  Centro de Acção Social Integrado

A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Ana Paula do Sacramento Neto, anunciou que é pretensão do seu ministério construir Centros de Acção Social Integrados (CASI) em todos os municípios do Cuando Cubango, mas a situação financeira que o país atravessa tem condicionado o arranque das obras.

“As construções continuam e vão continuar onde houver necessidade e de acordo com a disponibilidade financeira poderão ser implementadas”, disse a ministra Ana Paula do Sacramento Neto.

No final da visita de trabalho de dois dias ao Cuando Cubango, na quarta-feira a ministra Ana Paula do Sacramento Neto fez a entrega de  bens diversos ao Centro de Assistência à Pessoa Idosa “Cambinda Calilo”, e conviveu com os idosos ali acolhidos.

Gestos louváveis

A responsável do Centro de Assistência à Pessoa Idosa “Cambinda Calilo”, Mimi Bom Ano, agradeceu o gesto da ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Ana Paula do Sacramento Neto, que fez a entrega de  bens diversos à instituição, que tem falta de quase tudo para acolher os  idosos com certa dignidade.

Mimi Bom Ano disse que os 28 idosos que se encontram na instituição, 18 dos quais do sexo feminino e 10 do sexo masculino, debatem-se com inúmeras dificuldades, desde a falta de alimentação, vestuário, à assistência médica e medicamentosa.

A responsável pediu à população, empresários e várias sensibilidades da província que apoiem o lar com o que for necessário, desde bens alimentares, roupa usada, material de higiene e calçado.

Na ocasião, a responsável do centro pediu à ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Ana Paula do Sacramento Neto, para conceder uma ambulância para o transporte dos idosos enfermos ao Hospital Geral do Cuando Cubango (HGCC), em Menongue.

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *