Fevereiro 29, 2024

 O ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Marcy Lopes, disse, nesta terça-feira, em Luanda, que acções de planificação estão em curso para a contínua melhoria das condições sociais e de trabalho dos funcionários do sector. 

O governante que falava à imprensa no final do encontro de auscultação que manteve com o colectivo de trabalhadores do sector, para aferir as inquietações e o grau de qualidade de serviços, referiu existir boa vontade em resolver urgentemente as questões que envolvem infra-estuturas e que afligem os funcionários.

 Afirmou que atuação dos órgãos do estado, dependem de financiamento público, definido pelo orçamento do estado. “Nos estamos a fazer tudo que é possível para a melhoria, reparação e construção de novos serviços da justiça e para isso ,continuamos aguardar pela disponibilidade financeira do Estado.” disse.

Marcy Lopes informou que encontros do género já foram realizados nas províncias de Cabinda, Bengo e Kwanza Sul cujo o objectivo é vivenciar as preocupações, trocar ilações e informar o que o executivo pretende implementar neste mandato.

  Em relação a questão de seguro de saúde levantada pelos funcionários do ministério da Justiça, justificou ser  uma obrigação da caixa de previdência.

O encontro que decorreu a porta-fechada, reuniu funcionários do ministério da Justiça e serviu para auscultar as questões que afligem o sector.

ANGOP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *