Fevereiro 29, 2024

 

As inundações no leste da Líbia, que aconteceram à passagem da tempestade Daniel pelo país, provocou mais de 3.800 mortos, segundo um novo balanço divulgado hoje pelas autoridades locais.

A passagem da tempestade, na noite de 10 para 11 de Setembro, provocou inundações e a destruição de duas barragens, criando uma onda de água parecida com um “tsunami”, que inundou e destruiu a cidade de Drena, no leste da Líbia.

O novo balanço provisório, divulgado “hoje à tarde”, aponta para pelo menos 3.845 mortos, anunciou hoje o porta-voz de um comité de supervisão da ajuda humanitária, formado pelo governo de leste, Mohamed Eljarh, citado pela Agência France Presse.

Este número, que inclui apenas os corpos enterrados e registados pelo ministério da Saúde, “prevê-se que aumente diariamente”.

Mohamed Eljarh explicou que os corpos enterrados à pressa pelos habitantes, nos primeiros dias após a catástrofe, não foram contabilizados.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *