Abril 21, 2024

A Vice-Presidente da República, Esperança da Costa, desenvolveu, quarta-feira, intensa actividade social na província do Huambo, com destaque para a situação académica na região e projectos ligados ao ambiente.

Em visita de trabalho no planalto central, no âmbito do acompanhamento privilegiado aos setores da Educação, Ensino Superior e Ambiente, Esperança da Costa auscultou responsáveis ​​das áreas ligadas a diversas unidades orgânicas da Universidade José Eduardo dos Santos (UJES) e não só.

Depois de um encontro, no Palácio do  governo, onde foi informada sobre a situação sócio-económica da província, a Vice-PR acompanhou um relatório sobre o trabalho desenvolvido pela UJES e o ponto de situação sobre viação e ordenamento do trânsito  no Huambo, considerado preocupante pelo delegado local do Ministério do Interior, Manuel Gonçalves.

Em seguida visitou a  UJES,  Centro de Ecologia Tropical e Alterações Climáticas (CETAC),  Instituto de Investigação Agrária,  Faculdade de Medicina Veterinária e  as obras do futuro Centro de Bioveterinária e Produção de Vacina Animal.

Em todas as instituições, Esperança da Costa, que se fez acompanhar, entre outras entidades, da ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Teixeira, recebeu explicações sobre o estado de funcionamento, principais dificuldades e perspectivas, assim como percorreu as várias áreas, em visitas guiadas, para a constatação das infra-estruturas.

Dentre os compartimentos radiografados, realce para os laboratórios de microbiologia alimentar, de biologia molecular, de química alimentar, o Centro de Tecnologia de Produção de Alimentos (CEPTA) e a estufa-fria, essa última implantada num espaço de quatro hectares e meios, com uma diversificação de plantas ornamentais e florestais, a carreira de recuperação.

Livro de honra

Na ocasião,  a Vice-Presidente da República assinou o livro de honra da Reitoria da Universidade José Eduardo dos Santos.

No seu breve trecho, a responsável  felicitou a instituição pelo progresso alcançado desde a sua criação, o que tem se manifestado na criação de novos cursos de pós-graduação, incluindo o doutoramento.

“Felicito, igualmente, a UJES pelo esforço e resiliência na ampliação da resposta à demanda, mas também na busca permanente da qualidade e da excelência”, lê-se.

A visita prossegue, esta quinta-feira, com deslocações à Faculdade de Ciências Agrárias, ao Pólo Universitário do Cambiote, ao Hospital Municipal do Huambo, ao Centro de Formação Profissional do Caminho de Ferro de Benguela (CFB) e à Escola do Ensino Especial.

ANGOP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *