Abril 21, 2024

Cinquenta pessoas foram mortas numa hora na noite de ontem em “várias áreas” da Faixa de Gaza, que tem sido alvo de intensos bombardeamentos israelitas, informou o Ministério da Saúde do enclave palestiniano controlado pelo movimento islamita Hamas.

Ontem à tarde, a mesma entidade do território anunciou que 5.791 pessoas, na grande maioria civis, incluindo mais de 2.300 crianças, foram mortas desde 7 de Outubro, quando iniciaram os ataques israelitas em território palestiniano, em retaliação a uma ofensiva levada a cabo pelo movimento palestiniano contra Israel.

Um jornalista da agência noticiosa francesa AFP destacado no local descreveu que várias pessoas transportavam hoje à noite corpos de familiares para um hospital no sul do enclave.

Também hoje à tarde, durante uma visita a tropas que se preparavam para uma provável operação terrestre visando o enclave, o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, disse-lhes que o Exército “estava a atacar o inimigo com muita força”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *