Fevereiro 25, 2024

A Agência Reguladora de Medicamentos e Tecnologias de Saúde (ARMED) lançou um alerta e, que avisa sobre a proibição da comercialização e uso do Leite Terapêutico F-75 e F-100, fabricado pela New Cesamex, que terá adulterado o produto.

Segundo a ARMED, este leite é diferente do aprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), na quantidade de proteínas e número elevado de micronutrientes e o seu uso “prejudica gravemente o tratamento das crianças severamente desnutridas, lesando a saúde pública”.

A proibição consta de um despacho de 4 de Dezembro, assinado pela directora-geral da ARMED, Katiza Mangueira, e orienta que todas as entidades de saúde que disponham de leites terapêuticos não aprovados pela OMS devem proceder à sua identificação, recolha e devolução ao fornecedor.

Os importadores devem proceder ao inventário e à retirada dos produtos no mercado e comunicar à ARMED para o cumprimento das medidas subsequentes., lê-se no aviso, que reitera que os leites terapêuticos adquiridos pelo Serviço Nacional de Saúde devem ser distribuídos gratuitamente.

Importa referir que os leites F-75 (contendo 75kcal/100ml) é utilizado durante o tratamento inicial e F-100 (contendo 100Kcal/100ml) usado na fase de reabilitação de tratamento de paciente com desnutrição aguda grave.

 NJ

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *