Maio 24, 2024

 

As autoridades palestinianas disseram, na segunda-feira, que pelo menos dois palestinianos, incluindo um adolescente, de 17 anos, morreram após serem baleados por soldados israelitas, no campo de refugiados de al-Fauar, na Cisjordânia.

  De acordo com o ministério da saúde palestiniano, os mortos chamam-se Ahmed Muhamad Yusef Yagui, de 17 anos, e Ibrahim Mayid Abdelmayid al Titi, de 31 anos.

Fontes locais, citadas pela agência de notícias palestiniana WAFA, adiantaram que o exército israelita lançou um ataque ao campo de refugiados e disparou sobre um grupo de palestinianos, deixando também dois feridos, mas não avançou mais pormenores.

A operação aconteceu em paralelo a uma série de outros ataques de Israel, um dos quais atingiu a sede do Crescente Vermelho palestiniano, na cidade de Khan Yunis, no sul da Faixa de Gaza, segundo a organização humanitária.

De acordo com a mesma fonte, o ataque causou vários feridos entre os deslocados internos que ali estavam refugiados.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *