Julho 20, 2024

O Chefe de Estado, João Lourenço, felicitou, terça-feira, Félix Tshisekedi, pela reeleição e vitória nas presidenciais da República Democrática do Congo (RDC).

“Na qualidade de Presidente da República de Angola e na de presidente em exercício da SADC, tenho a honra de felicitar Vossa Excelência pela vitória que obteve nas eleições presidenciais, realizadas nos dias 20 e 21 de Dezembro do ano que acabou de findar”, escreveu o estadista angolano numa mensagem divulgada ontem.

Segundo João Lourenço, a reeleição revela a confiança depositada em Tshisekedi pelo povo congolês que, ao reconduzi-lo para a mais alta magistratura da RDC, demonstra que valoriza, positivamente, toda a acção política e esforços empreendidos pelo estadista e pelo Governo nos últimos quatro anos, no sentido de restabelecer a paz, a estabilidade e a concórdia na República Democrática do Congo.

De acordo com o Presidente angolano, sem essa acção e esforços os projectos de desenvolvimento económico e social não terão a possibilidade de serem realizados de forma plena, em benefício da prosperidade e do bem-estar dos congoleses.

Para João Lourenço, a renovação da liderança de Félix Tshisekedi à frente dos destinos da RDC é uma garantia de que irá dar passos fundamentais em direcção à restauração da paz na sub-região, ao fortalecimento da cooperação ao nível da SADC e ao estreitamento contínuo das relações existentes entre os dois países.

O Chefe de Estado destacou, ainda, a forma ordeira como decorreram as eleições na RDC, tendo sublinhado que se tratou de uma “manifestação de grande maturidade política do povo congolês, merecendo, por isso, o grande apreço” da comunidade internacional.

João Lourenço desejou, a finalizar, os maiores sucessos ao homólogo “no cumprimento da nobre e honrosa missão de conduzir os destinos da nação congolesa nos próximos cinco anos, que lhe foi conferida pelo povo congolês”.

Histórico de cooperação

Angola e RDC partilham a mais longa fronteira terrestre em África (com 2.511 quilómetros de extensão). As duas nações têm estado particularmente focadas nos temas relacionados com a segurança, paz e estabilidade, mas também têm sido realizadas iniciativas no âmbito das trocas comerciais bilaterais.

Os dois países assinaram, recentemente, um acordo de cooperação comercial e, em 2022, já tinham assinado três acordos de cooperação para combater os crimes que se registam nas fronteiras entre os dois países, sobretudo, relacionados com questões como a imigração ilegal, contrabando de combustível, tráfico de diamantes e medicamentos.

Os laços entre os dois países são ainda reforçados pelo facto de ambos pertencerem à Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e à Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL).

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *