Junho 14, 2024

O Presidente João Lourenço autorizou a abertura de um concurso público para a privatização de 39 hotéis que pertenciam ao empresário Carlos São Vicente, actualmente a cumprir pena de prisão, e foram recuperados pelo Estado.

Os activos foram inscritos num aditamento ao programa de privatizações 2023-2026, segundo um decreto presidencial, onde são indicados os 39 hotéis a privatizar este ano.

A ministra das Finanças será responsável por verificar e validar os atos necessários, bem como constituir uma comissão de negociação que será integrada por representantes dos departamentos ministeriais responsáveis pelos sectores de actividades e rege-se pela lei de base das privatizações, de acordo com o despacho presidencial que autoriza a alienação dos hotéis espalhados pelas 18 províncias.

O empresário Carlos São Vicente foi condenado, em Março de 2022, a nove anos de prisão efectiva pelo Tribunal da Comarca de Luanda, e ao pagamento de uma indemnização de 500 milhões de dólares.

O ex-dono da seguradora AAA foi considerado culpado de crimes de peculato, branqueamento de capital e fraude fiscal, através de um suposto desvio de 900 milhões de dólares da Sonangol.

As autoridades judiciais ordenaram, na altura, a apreensão de bens pertencentes ao empresário luso-angolano, entre os quais a rede hoteleira, tendo sido pedido também o congelamento de contas bancárias.

VA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *