Fevereiro 25, 2024

Sessenta e sete pessoas morreram e 949 outras ficaram feridas, em consequência de 736 acidentes de viação ocorridos na província do Zaire, de Janeiro a Dezembro de 2023.

Os dados constam do comunicado final do Conselho Consultivo do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional (PN), a que a ANGOP teve acesso esta quarta-feira.

O documento refere que verificou-se um aumento de 167 acidentes de viação face ao período homólogo de 2022, que tiveram como principais causas, a imprudência, desconhecimento e desrespeito do código de estrada, sobretudo, por parte de motociclistas em serviço de táxi.

Os participantes no Conselho Consultivo da PN concluíram, ainda, serem outras causas da sinistralidade rodoviária, o consumo de bebidas alcoólicas por condutores, excesso de lotação e velocidade, a falta de sinalização horizontal e vertical nas vias.

No intervalo em balanço, segundo ainda o comunicado final, a Polícia Nacional no Zaire registou mil e 852 crimes de natureza diversa, menos 147 casos em relação ao período homólogo anterior, tendo sido esclarecidos 1.471 delitos

Em relação ao contrabando de combustível para a RDC, os participantes defenderam a necessidade do reforço dos mecanismos de controlo e fiscalização da cadeia de comercialização dos derivados de petróleo por parte dos agentes licenciados, na região, para um combate eficaz do fenómeno.

Orientada pelo comandante provincial do Zaire da Polícia Nacional, comissário Firmino Uyamba, a reunião abordou vários temas, com destaque para o contrabando de combustível e a imigração ilegal.

Angop

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *