Abril 25, 2024

“As Forças Armadas Angolanas devem estar em permanente alerta e prontidão combativa face a situação no mundo cada vez mais vulnerável, complexa e ambígua”. A afirmação é do chefe do Estado-Maior General das FAA, General de Aviação, Altino dos Santos.

Aquela alta patente de aviação falava à imprensa no final dos exercícios tácticos das FAA realizados na semana finda, em Cabinda.

Embora tenha avaliado como calma a situação político-militar em Cabinda, o chefe do Estado-Maior General destacou a importância das manobras tácticas no aperfeiçoamento da condição física, técnica e operacional e na manutenção da prontidão combativa, dos militares.

As manobras envolveram efectivos do Exército, Força Aérea e Marinha de Guerra (as três armas das FAA) e Polícia Nacional.

Realizadas no polígono Ntó, zona Sul de Cabinda, as manobras estão inseridas no período de instrução operativa, combativa, educativa e patriótica para manter altos os níveis de operacionalidade dos sistemas de forças.

CK

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *