Fevereiro 25, 2024

Com fim do ciclo olímpico, as federações desportivas, devem até Dezembro deste ano realizar as eleições para a renovação de mandatos para completar os quatro anos que coincide a realização dos Jogos Olímpicos. A redacção Quem será o novo presidente da Federação Angolana de Futebol . Norberto de Castro ou Artur Almeida e Silva? Esta resposta vai ser conhecida em Dezembro, mês que termina os quatro anos de mandatos do actual elenco federativo, sob a responsabilidade de Artur Almeida e Silva que vai procurar manter-se no cargo. Numa troca de mimos e acusações, o proprietário do Complexo Desportivo e Escolar no bairro do Kapalanga, Norberto de Castro vai querer redimir-se da humilhação feita por Artur de Almeida, quando indigitou o cargo de vice-presidente para o futebol nas comunidades, o que não fazia do pacto acordado entre ambos. Os advogados de Norberto de Castro, interpôs ao uma providência acautelar ao actual elenco e o Tribunal provincial de Luanda mandou repetir as eleições, mas este negou e agora com fim de mandato, pretende a tudo custo, retirar Almeida e Silva a frente da federação mais importante de Angola. De algum tempo a esta parte, que Norberto de Castro vem fazendo a sua pré campanha, ajudando vários clubes com material desportivo e marcar presença em eventos do desporto -rei. Em vários comentários, Norberto entende que foi traído pelo actual presidente e pretende vingar-se, granjeando apoios aos presidentes das associações provinciais de futebol de Benguela, Huíla e Luanda. Esta última tida como a maior praça eleitoral do país. Já Artur Almeida e Silva que vem acumulando várias polémicas e acusão de desvio de fundos vindo da Confederação Africana de Futebol e Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) para o desenvolvimento da modalidade, fará de tudo para se manter ao caldeirão máximo no Nova Vida. E segundo fonte próxima na federação, o mesmo vai usar a boa campanha dos Palancas Negras no Campeonato Africano das Nações que termina este domingo na Costa do Marfim. Com pena suspensa, por desvios de milhões de dólares de patrocínio da Unitel na conta da FAF domiciliada no banco BCI para suas empresas, começou a fazer distribuição de material informático e alguns envelopes com dinheiro aos presidentes das Apfs, de forma a garantir votos para continuar como manda-chuva no futebol angolano. Igualmente a fonte sublinha que o dinheiro que a FIFA à federação, Artur Almeida e Silva, enganou a todos dirigentes e ao presidente da FIFA, Infantino que iria reabilitar o campo de futebol de São Paulo, na zona dos congolenses, em Luanda. O espaço continua na mesma e a degradação toma conta do local que aos poucos vai se transformado casa de banho a céu aberto e parque de estacionamento. Em desenvolvimento

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *