Junho 14, 2024

A OMATAPALO, no âmbito da sua responsabilidade social, procedeu neste sábado (17), a entrega de livros Infantis ao Lar Kuzola e Lar Paula Frassineti, respectivamente nas províncias de Luanda e Benguela. A acção enquadra-se no programa “Missão Fazer Sorrir”. Segundo a organização, a iniciativa tem como objectivo promover o acesso e o hábito à leitura desde cedo, proporcionar momentos de aprendizagem e diversão as crianças, em comemoração ao Dia Internacional da Doação de Livros, assinalado no dia 14 de Fevereiro. “Acreditamos que a educação e o acesso à literatura são fundamentais para o desenvolvimento das crianças. Com esta campanha, queremos incentivar a leitura desde cedo e contribuir para o bem-estar e aprendizado das crianças. O Grupo OMATAPALO reitera o seu compromisso com a responsabilidade social e está empenhado em promover iniciativas que tragam impacto positivo às comunidades onde actuamos”, reitera Yara Custódio, porta-voz do Grupo. A Missão Fazer Sorrir tem vindo a prestar apoio alimentar, educacional, habitacional, sanitário e lúdico a milhares de beneficiários um pouco por todo o país, concretizando um desígnio do Grupo desde a sua origem: a Responsabilidade Social começa em casa, lê-se na nota enviada ao O Estado News.

Para consolidar esta acção, os colaboradores das bases vida do Grupo prepararam um lanche para as crianças, com momentos de leitura de histórias, abrindo mais uma vez o sorriso de centenas de crianças nos centros de acolhimento. Os livros entregues beneficiam crianças com idades compreendidas entre os 6 e 17 anos das instituições Lar Kuzola em Luanda, com mais de 200 crianças, Missão Tchivinguiro na cidade de Lubango e Paula Frassineti em Benguela, ambas acolhendo 120 crianças cada. As doações foram possíveis gracas a campanha de recolha interna de livros entre Colaboradores da OMATAPALO e subsidiárias do Grupo que se juntaram a causa entre livros novos e usados. O grupo assegura que está acção terá continuidade no próximo sábado (24) no Lubango, província da Huíla, no centro de acolhimento Missão Tchivinguiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *