Abril 25, 2024

A primeira-dama do Namibe lançou esta terça-feira, 20, no liceu Welwitschia Mirábilis, em Moçâmedes, um projecto de combate ao assédio sexual nas escolas.

“O fenómeno que se regista em quase todas instituições de ensino, deve ser combatido por todos, com a participação especial dos parceiros sociais do gabinete provincial da educação, juventude e desportos”, referiu, no acto de lançamento, Carla Lopes.

A esposa do governador Archer Mangueira, mentora da iniciativa, defendeu, igualmente, “que é preciso falar sobre o assédio nas escolas, disponibilizando a informação sobre a sexualidade adaptada as diferentes faixas etárias, de formas que as crianças e adolescentes conheçam e possam perceber e identificar os actos de assédio e abuso sexual”.

Dados da UNESCO indicam que 10% das adolescentes em países de baixa e média renda já relataram incidentes envolvendo relações sexuais forçadas ou outros actos sexuais.

CK

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *