Abril 25, 2024

Cerca de três activistas foram detidos na tarde deste sábado, 24, na província de Benguela, quando se preparavam para um protesto contra o aumento nos preços da cesta básica.

Os munícipes e activistas no município do Lobito pretendiam sair às ruas para protestar contra o aumento dos preços dos produtos alimentares, pretensão esta impedida pois, segundo a polícia, “não havia autorização para a manifestação”.

Em declarações, Albino Cangonga, um dos organizadores, alega que a marcha foi reprimida por razões políticas.

O activista relata ter cumprido todos os pressupostos para a realização do protesto e diz não entender a razão pela qual os três activistas foram detidos pela polícia.

Albino Cangonga confirma que foi submetida a documentação na administração do Lobito, sendo que os mesmos alegam que o processo não ficou concluído.

No local, membros da sociedade civil, falaram da insatisfação do preço dos produtos da cesta básica que são praticados nos mercados nacionais, fazendo referência ao preço do saco de arroz de 25kg, antes comercializado entre 7.000 e 8.000 mil kwanzas, mas que passou para 25.500 kwanzas.

CK

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *