Maio 19, 2024

O cidadão angolano Gelson Emanuel Quintas “Mam Genas” foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal de Luanda, acusado de vários crimes como calúnia e difamação, ultraje ao Estado, seus símbolos e órgãos.

“Man Genas” que vivia em Moçambique há um ano, onde se refugiou por alegada perseguição, foi detido na sequência da sua expulsão administrativa, no domingo, por parte das autoridades moçambicanas, por entrada e permanência ilegal naquele país.

O acusado chegou domingo ao país, via aérea, em companhia da esposa e dois filhos, que estão sob custódia das autoridades angolanas. 

Uma fonte do SIC revelou ao Jornal de Angola que pesa também sobre “Mam Genas”, dois mandados de crimes de roubo qualificado e abuso de confiança.
 
De acordo com a mesma fonte, a esposa de “Mam Genas” vai ser entregue formalmente a família nas próximas horas.

O SIC avança, igualmente, que nos próximos tempos, o acusado será ouvido pelas autoridades competentes, através do Ministério Público e depois pelo juiz de Garantias.

Emanuel Quintas “Mam Genas” era muito interventivo nas redes sociais, onde expunha de forma aberta algumas entidades, a quem acusava de  envolvimento em redes de narcotráfico. 

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *