Maio 24, 2024

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve, no Uíge, dois cidadãos nacionais, de 29 e 32 anos, sob suspeita de roubo de uma arma de fogo do tipo AKM, na aldeia Kissala, no município de Sanza Pombo.

O porta-voz do SIC no Uíge, subinspector criminal Zacarias Fernando, disse, ontem, ao Jornal de Angola, que as detenções foram feitas na segunda-feira e que a arma terá sido retirada das mãos de um agente de segurança privada, quando se encontrava no seu local de serviço.

Os detidos, explicou, circulavam com uma motorizada e, quando chegaram próximo do estabelecimento onde o agente de segurança prestava serviços, simularam um acidente, soltando, de seguida, fortes gritos de socorro.

Na tentativa de o segurança ir prestar socorro, acrescentou, agarraram-no, desferindo-lhe vários golpes com objectos contundentes, que causaram ferimentos graves, retirando-lhe, então, a arma.

Zacarias Fernando deu a conhecer que os implicados, após a acção, meteram-se em fuga, tendo o SIC desencadeado uma micro-operação que resultou na sua detenção e recuperação da arma, bem como apreensão da motorizada.

“Os detidos foram já apresentados ao Ministério Público, para a legitimação da situação carcerária”, concluiu.

AO

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *