Abril 25, 2024

A província do Uíge regista, desde o passado dia 23, um surto de conjuntivite, informou, sábado, à imprensa, a chefe do Departamento Provincial de Saúde Pública.

 

 Lindeza Chaves explicou que, no município do Sanza Pombo foram registados, durante o período em análise, 16 casos em crianças e adultos.

Na cidade do Uíge, acrescentou, há o registo de 15 casos, concretamente nos bairros Mbemba Ngangu, Dunga, Pedreira, Papelão, Cacole, Tange, Quixicongo e Kakiuia.

A situação, explicou, preocupa as autoridades sanitárias, que envidam esforços para evitar que a doença se alastre.

A chefe do Departamento Provincial de Saúde Pública aconselha a população no sentido de evitar o contacto com quem esteja infectado, banhar na chuva, bem como partilhar óculos e lenços de bolso.

“A conjuntivite é uma doença contagiosa, por isso, aconselho as pessoas que estão infectados a não circularem em qualquer ponto da cidade, devendo dirigir-se ao centro oftalmológico e, depois de receberem o tratamento, permanecer em casa”, sublinhou, dando a conhecer que as autoridades sanitárias estão a trabalhar para determinar a proveniência ou a causa do surto.

“Estamos a trabalhar no diagnóstico para se determinar se é uma conjuntivite viral ou bacteriana”, adiantou.

Em relação à cólera, afirmou que ainda não foi notificado nenhum caso, mas, garantiu, as autoridades sanitárias continuam a intensificar as acções de sensibilização para que as medidas de prevenção sejam cumpridas de forma escrupulosa.

“Continuamos a sensibilizar a população nas comunidades, nas escolas, igrejas e mercados, no sentido de serem reforçadas as medidas de prevenção, como lavar as mãos com água e sabão, lavar as frutas com água limpa, tapar os alimentos e beber água tratada”, concluiu.

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *