Maio 19, 2024

O BAI – Banco Angolano de Investimentos S.A. (Sociedade Aberta) tomou conhecimento da prática de aluguer do cartão pré-pago Visa Kamba e informa que abriu no final do mês de Janeiro uma investigação para apurar a realidade dos factos.

Este acto, que compromete a segurança e integridade dos serviços financeiros, representa uma violação grave das cláusulas contratuais que se consubstanciam na intransmissibilidade dos cartões e regras de segurança na utilização dos mesmos.

Perante esta violação, o BAI informa que vai tomar medidas rigorosas, que incluem queixa-crime, pela prática de actos que são exclusivos das instituições financeiras bancárias e não bancárias, rescisão dos contratos de adesão ao cartão pré-pago Visa Kamba e de abertura de conta.

Estas acções estão fundamentadas nas disposições contratuais que permitem ao Banco encerrar as contas dos clientes em casos de incumprimento das condições estabelecidas, incluindo a utilização incorrecta dos meios de pagamento.

A adopção de medidas restritivas pelo BAI é um passo importante na manutenção da confiança e na prevenção de actividades fraudulentas.

O BAI apela aos seus clientes que cumpram rigorosamente com os termos e condições dos contratos estabelecidos e reitera o seu compromisso com a oferta de serviços seguros que respondam às suas necessidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *