Maio 23, 2024

Durante os três dias de visita que teve início na sexta terminando no domingo os três dias a

convite do Presidente chinês Xi Jinping.

A redacção

A visita acontece seis anos depois da anterior de igual carácter, em 2018.

No período da manhã de ontem o Presidente João Lourenço e delegação acompanhante

mantiveram um encontro com o Primeiro Ministro chinês, LiQiang, seguindo-se,

pouco depois, uma reunião de cortesia com o Presidente do Comité Permanente da

Assembleia Popular Nacional (parlamento), Wu Bangguo.

No encontro com o Presidente

Xi Jinping, os dois presidentes vão testemunhar aassinatura de um conjunto de

instrumentos jurídicos destinados a reforçar a cooperação entre os dois países.

Na reunião com o Primeiro-Ministro chinês, João Lourenço afirmou que “foram desbloqueados, em grande medida, os constrangimentos apresentados por

Angola relativamente aos compromissos com bancos e instituições credoras chinesas”, encontrandose assim “medidas de alívioque não prejudicam os

interesses de nenhuma das partes”.

Recorde-se que a dívida de Angola à China fixa-se, no global, em cerca de 17 mil milhões de dólares americanos, conforme revelou o Chefe de Estado no mesmo encontro.

O chefe de Estado angolano tornou público também que foi atendido, pela parte

chinesa, o pedido de extensão do prazo para desembolso do financiamento da

construção da barragem de Caculo Cabaça, tendo agradecido às autoridades chinesas

por terem intercedidonas conversações que decorreram com o consórcio financiador

(ICBC/EximBank).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *