Junho 14, 2024

Setecentos litros de gasolina e gasóleo, que tinham como destino a República Democrática do Congo (RDC), foram apreendidos nos últimos dias, no município de Maquela do Zombo, província do Uíge, pela Polícia de Guarda Fronteira.

Em declarações à ANGOP, nesta quinta-feira, o porta-voz da Polícia Nacional no Uíge, superintendente-chefe Freitas Zama, explicou que foi apreendido, igualmente, uma viatura de marca Toyota, modelo Carina E, envolvida no auxílio à imigração ilegal.

Quanto à violação da fronteira, disse que foram registados 11 casos, sendo oito por tentativa de entrada ilegal e três tentativas de saída em concurso com contrabando de combustível, ocorridos nos PGF de Kimbata, Malele e no comanado da subunidade de Maquela do Zombo.

Explicou que as acções policiais resultaram em nove interpelações e a retenção de 28 cidadãos, sendo três nacionais e 25 da RDC, com idades entre 12 e 51 anos.

Na fronteira fluvial com a RDC, foram detidos quatro cidadãos da RDC, com idades compreendidas entre 21 e 38 anos, por tentativa de entrada ilegal no país a partir dos postos de guarda fronteira naval do Cuilo e na subunidade de Quimbele.

O oficial explicou que, após formalidades operativas, os cidadãos nacionais foram postos em liberdade, enquanto os da RDC encaminhados ao Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) para o devido tratamento. O combustível apreendido foi entregue à Administração Geral Tributária (AGT) local.

ANGOP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *