Abril 25, 2024

Angola perdeu na madrugada deste sábado diante de Marrocos, por 0-1, com auto golo do central David Carmo, em jogo da data FIFA.

Disputado no Estádio de Agadir, com mais de 40 mil espectadores, foi preciso uma falha do defensor angolano, aos 71 minutos, para os anfitriões vencerem o desafio.

Até antes do infeliz lance que resultou no tento solitário, a partida decorria com domínio do jogo alternado, com Mabululu a constituir-se no principal incómodo para o último reduto marroquino.  

O atacante, que evolui no Al Ittihad Alexandria do Egipto, quase marcava aos 12 minutos ao desviar, de cabeça, um cruzamento do estreante David Carmo.

Antes do intervalo (41’), Mabululu voltou a estar perto do golo. Novamente de cabeça, em resposta a um livre directo, desviou para o poste transversal da baliza a guarda de Bounou.

Ao longo deste período, os donos da casa também ameaçaram por várias vezes a baliza defendida por Neblú.

Hakimi e Brahim Dias, este último atacante do Real Madrid, eram as unidades de maior perigo para o último reduto dos Palancas Negras (como também é conhecido o combinado angolano). 
 

O novato David Carmo encaixou-se bem no sector defensivo nacional, numa noite de muito trabalho  perante a selecção sensação do último campeonato do mundo.

Tratou-se do oitavo encontro no histórico entre as duas formações africanas desde 1998, contabilizando-se uma vitória de Angola (2-0, em 2014) contra cinco de Marrocos (2-1, em 1998), (3-1, em 2004), (2-1, em 2008), (2-0, em 2009) e (1-0, em 2024).

Angola e Marrocos, que recentemente competiram no CAN`2024, empataram duas vezes (2-2, em 2006 e 0-0, em 2013).

A selecção volta a evoluir na segunda-feira diante das Ilhas Comores, no segundo amistoso da data FIFA, a disputar-se igualmente em solo marroquino, a partir das 22 horas.

Ficha técnica:

Estádio Agadir

Mais de 40 mil espectadores

Marcha do marcador: 

David Carmo 71’ (auto golo)

Resultado ao intervalo: 0-0

Resultado final: 1-0

Onze inicial das equipas: 

Marrocos – Bounou, Hakimi, Aguero, Abqar, Atiat-Allah, Amrabat, Richardson, Brahim, Ziyech (cap), Rajimi e En-Nesyri

Técnico: Walid Regragui

Angola – Neblú, Núrio Fortuna, David Carmo, Kialunda Gaspar, Maestro, Jeremi Bela, Chico Banza, Mabululu, Estrela, Eddie Afonso e Show (cap)

Técnico: Pedro Gonçalves 

ANGOP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *