Junho 14, 2024

Foi condenado a oito anos de prisão, pelo Tribunal de Cabinda, o cidadão Wladmir Abraão, por violação sexual a uma menor, por sinal sobrinha da sua esposa.

O caso ocorreu em 2018. Na altura dos factos, a vítima tinha apenas 13 anos de idade, e foi aliciada pelo mesmo, com dinheiro e outros bens materiais.

O julgamento teve início no Tribunal de Comarca de Cabinda, no dia 15 de Setembro de 2023, por crime de violação sexual a menor dependente.

De acordo com o Ministério Público, “a justiça foi bem executada”.

Por sua vez, a defesa diz que a sentença de oito anos é injusta. Entretanto, o acusado aguardará em liberdade, para o acórdão do Tribunal Supremo apreciar o processo e decidir se vai agravar, diminuir ou manter a sentença do referido arguido.

CK

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *