Junho 14, 2024

“Garantimos à nossa nação leal, grata e amada que, com a ajuda de Deus e o apoio do povo, não haverá a menor perturbação na administração do país”, acrescentou o Governo do Irão.

O helicóptero que transportava Raisi e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Hossein Amir-Abdollahian, foi localizado hoje numa montanha no noroeste do Irão, sem quaisquer sobreviventes, confirmaram as autoridades.

Presidente do povo iraniano, trabalhador e incansável, (…) sacrificou a sua vida pela nação”, disse o executivo de Teerão, num comunicado após a primeira reunião desde o acidente.

O Governo iraniano confirmou hoje a morte do Presidente Ebrahim Raisi, na queda de um helicóptero no noroeste do país, mas garantiu que o desastre não irá causar “qualquer perturbação na administração” do Irão.

“Garantimos à nossa nação leal, grata e amada que, com a ajuda de Deus e o apoio do povo, não haverá a menor perturbação na administração do país”, acrescentou o Governo do Irão.

O helicóptero que transportava Raisi e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Hossein Amir-Abdollahian, foi localizado hoje numa montanha no noroeste do Irão, sem quaisquer sobreviventes, confirmaram as autoridades.

Presidente do povo iraniano, trabalhador e incansável, (…) sacrificou a sua vida pela nação”, disse o executivo de Teerão, num comunicado após a primeira reunião desde o acidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *