Junho 14, 2024

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) desmantelou uma rede de angolanos que tem colaborado com estrangeiros para “importar” dólares norte-americanos falsos provenientes da República Democrática do Congo (RDC).

Na operação realizada nesta segunda-feira, 20, no distrito urbano das Ingombotas, foi possível apanhar em flagrante um membro da organização, de 38 anos, que acabou sendo detido naquele instante.

Quanto ao modo de actuação, a quadrilha compra as notas a baixo preço a um “fornecedor” congolês, pagando 100 mil kwanzas em troca de 20 notas de 100 dólares falsos, conta o porta-voz do SIC-geral, Manuel Halaiwa.

Com o homem foram encontrados um total de dois mil e 700 dólares norte-americanos falsos (já apreendidos), que estavam prestes a ser injectados nos mercados informais da província de Luanda.

A detenção do homem é resultado de uma denúncia anónima que dava conta do esquema do grupo e enquadra-se no âmbito das acções de prevenção e combate à contrafacção de moeda, lavagem de dinheiro e falsificação de documentos.

O gabinete de comunicação institucional e imprensa do SIC assegura que o “indivíduo detido será encaminhado para o juiz de garantia, sob acusação de contrafacção de moeda, enquanto diligências prosseguem para chegar até aos fornecedores iniciais bem como deter os demais elementos envolvidos que se encontram em parte incerta.

NJ

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *