Junho 14, 2024

Com o apoio pontual do Comitê Olímpico Angolano, AMUD, patrocínios da empresa Saígas, Jonce construções SA e outros apoios da Unitel e Fidelidade Seguros de Angola, a Escola MACOVI participou na 3ª edicão do Torneio internacional de xadrez em sub-20, em Vigevano em Itália.

A redacção

O melhor dos angolanos foi o Mestre Fide Domingos Junior campeão da edição passada que não conseguiu revalidar o título perdendo na última jornada, ficando em décimo lugar na classificação geral e o primeiro na categoria sub-20.
O segundo e terceiro melhor angolano foi o xadrezista Avelino Bunga também com cinco pontos em sete jornadas na classificação final e ficou em décimo quarto, conquistando 60 pontos de elo. Igualmente o seu companheiro Bruno da Costa, com cinco pontos em sete jornadas na classificação final, saiu em vigésimo terceiro, conquistando 14 pontos de elo internacional.
A xadrezista da Macovi do Uíge Felícia Felicidade fez quatro pontos em quatro jornadas, saindo na 53ª posição e conquistou 24 pontos de elo internacional.
O Torneio jogou se em sistema suíço a sete jornadas 60 + 30 para terminar a partida. Foi o vencedor o xadrezista da Itália o Mestre Nacional Niccolo Baldeschi com 6,5 pontos.
Participaram 160 xadrezistas da Itália, Letónia, França, Austrália, Eslováquia, Portugal, Irlanda, Índia, Bélgica e Angola. Os atletas das Escola Macovi estão em Lisboa, onde dia 9 deste mês jogam participam em um torneio internacional de rápidas organizado pela Macovi/Opupe/Almada e a ACAA (Associação da comunidade Angolana em Almada) que visa saudar o dia de África comemorado o mês passado. O regresso à Luanda está previsto para dia 10 do mesmo mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *