Abril 21, 2024

Os cerca de 150 mil imigrantes dos países lusófonos em Portugal com processos pendentes no SEF podem a partir de segunda-feira obter uma autorização de residência de forma automática através do “portal CPLP”.

A nova plataforma para obtenção de autorização de residência em Portugal para os cidadãos da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) no âmbito do acordo de mobilidade entre os Estados-membros da organização foi hoje apresentada pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) num cerimónia que decorreu no Ministério da Administração Interna.

Além dos imigrantes da CPLP com processos pendentes no SEF até Dezembro de 2022, também podem obter uma autorização de residência de forma “totalmente automática e “online’” os cidadãos com vistos CPLP emitidos pelos consulados portugueses após 31 de Outubro de 2022, explicou o director Nacional do SEF citado pela Lusa.

JA Online

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *