Maio 19, 2024

A OMATAPALO venceu o Prémio Forbes Responsabilidade Social, na Categoria Engenharia & Construção, no caso a primeira edição do concurso promovido pela revista Forbes África Lusófona, realizado ontem (21), de modo a incentivar investimentos com elevado impacto social e promover uma sociedade mais forte, assente na Paz.

A gala de premiação, decorreu numa unidade hoteleira em Luanda, a indicação do prémio na categoria Engenharia & Construção, representa o reconhecimento do júri do trabalho levado a cabo pela OMATAPALO ao longo dos últimos anos no sentido de apoiar pessoas e comunidades, por via da promoção e apoio a iniciativas de natureza social nos domínios da beneficência e solidariedade social.

A OMATAPALO, está presente em Angola desde 2003, abraçou quatro dos 17 objectivos fixados pela ONU na Agenda 2030, como vectores para a sua participação activa nas perspectivas económica, social e ambiental no país: ‘Erradicar a Pobreza’, ‘Erradicar a Fome’, ‘Saúde de Qualidade’ e ‘Educação de Qualidade’.

“A atribuição deste Prémio, que muito nos honra, é mais um reconhecimento do trabalho feito e um incentivo para continuarmos a construir em Angola a sociedade que almejamos ver. A Responsabilidade Social é um tema de extrema importância e que está no ADN da OMATAPALO, que quer fazer acontecer, continuamente, comunidades e uma sociedade mais preparadas para enfrentar
os desafios do presente e do futuro”, afirma Carlos Alves, CEO da OMATAPALO.

A OMATAPALO tem vindo a desenvolver diversos projectos nesta área, impactando a vida de milhares de angolanos de diferentes regiões, a vários níveis do país.

Nesta primeira edição do Prémio Forbes Responsabilidade Social, além da Categoria Engenharia & Construção, foram distinguidas empresas nas áreas de Agricultura; Distribuição e Logística; Sector Financeiro; Comércio & Indústria; Petróleo, Gás & Minas; Sector Público Empresarial; e Telecomunicações. No total, 20 empresas estiveram em análise, das quais a OMATAPALO mereceu o reconhecimento dos jurados.

O júri foi presidido por João Traça, advogado e presidente da Câmara de Comércio e Indústria
Portugal-Angola, contando com mais seis personalidades: Adjany Costa, assessora do Presidente João Lourenço; José Cassandra, consultor internacional; Josina Machel, activista de direitos humanos e contra a violência de género; Naiole Cohen dos Santos, conselheira estratégica da EY; Nilza Rodrigues, directora editorial da Forbes Portugal e Forbes África Lusófona; e Waldemar Bento, assessor financeiro internacional.

Confira os projectos sociais da Omatapalo:

Projectos:
PARÓQUIA Nª SRª MUXIMA DO TOCO

  • A Paróquia da Mamã Muxima do Toco existe desde Março de 2012 e é a mais nova da Arquidiocese do Lubango, situada na comuna do Hoque, no Município
    do Lubango. Com 20 mil habitantes, sobrevive com a ajuda de empresários, singulares e do próprio Estado Angolano.

A OMATAPALO tem dado o seu contributo a este projecto desde a sua fundação, com a construção de escolas do 1º e do 2º ciclo de ensino, dois hospitais devidamente equipados, cozinha comunitária, centro juvenil de formação profissional, biblioteca, construção de uma moradia para um menino com dificuldades de mobilidade, construção de uma moradia para as irmãs missionárias e construção de uma moradia para alojar os médicos residentes, entre outros apoios diversos.

ALDEIA DE CRIANÇAS SOS LUBANGO

  • A OMATAPALO apadrinha várias casas da Aldeia, com um agregado de várias dezenas de pessoas, contribuindo com uma renda mensal como forma de apoiar estas crianças a manter o sorriso e com o intuito de fortalecer o processo de ensino e aprendizagem, além do desenvolvimento psico-emocional deste grupo.

Projectos:
CAMPANHA SOPAS SOLIDÁRIAS

  • Em parceria com o Governo Provincial de Luanda, a Omatapalo fornece os ingredientes necessários para a confecção de mais de 1.000 sopas diárias e a distribuição de vários milhares de pães em várias localidades de Luanda, nomeadamente: baixa de Luanda, Talatona, Viana, Zango e Cacuaco. Até ao momento, já foram distribuídas mais de 500.000 sopas e pães. Esta acção iniciou-se em Dezembro de 2021 e continua a decorrer.

APOIO NA LUTA CONTRA A SECA

  • A seca afectou a população da Huíla e do Cunene e a OMATAPALO não podia ficar
    indiferente a este flagelo. Foram doadas mais de dez toneladas de bens alimentares, a mais de 220.000 famílias, de forma a ajudar as famílias vítimas da seca e que se viram impossibilitadas de plantar os seus alimentos.

APOIO NA DISTRIBUIÇÃO DE ÁGUA

  • A água potável é uma das muitas formas que encontrámos para estar ao lado da comunidade. Distribuição de água potável a mais de 200.000 famílias divididas por quatro províncias: Luanda, Huambo, Namibe e Lubango.

APOIO ÀS COMUNIDADES AGRÍCOLAS – FAZENDA MUMBA

  • Apoios com meios mecânicos e com insumos para sementeiras de milho e feijão, numa área com cerca de 150ha, a várias centenas de famílias.

Projectos:
CAMPANHA MÉDICA DO TCHIVINGUIRO

  • 400 crianças da comunidade do Tchivinguiro, na Huíla, beneficiam anualmente
    de uma acção social. A OMATAPALO presta assistência médica e medicamentosa,
    distribui comida, doa roupa, sapatos, brinquedos, livros e material escolar à
    população daquela comuna, pertença ao município da Humpata. Este árduo trabalho é feito graças ao apoio de dois voluntários (uma médica e um enfermeiro) do Hospital S. António, em Portugal, e dos colaboradores da OMATAPALO tanto de Portugal como de Angola.

CAMPANHA INTERNA DE DOAÇÃO DE SANGUE

  • Anualmente, os colaboradores do Grupo OMATAPALO participam numa campanha de doação de sangue a fim de aumentar as reservas do Instituto Nacional do Sangue. A campanha tem como objectivo aumentar as reservas de sangue nos hospitais públicos do país e é promovida pela OMATAPALO em parceria com o Instituto Nacional de Sangue e o Projecto das Crianças
    Desprotegidas. Juntos pela Responsabilidade Social e pela Saúde Pública.

Projectos:
PROJECTO ESCOLA FAZER SORRIR

  • A educação e a formação são fundamentais para o crescimento das crianças angolanas e para o desenvolvimento do país. Porém, muitas escolas não têm as condições necessárias para a sua formação. A OMATAPALO, ciente desta necessidade, contribui, anualmente, para o arranque do ano lectivo, de vários milhares de crianças, doando secretárias e cadeiras, juntamente com material escolar, para equipar as escolas.

PROJECTO MERENDA ESCOLAR – FAZENDA MUMBA

  • Apoio na merenda escolar a centenas de alunos nas aldeias de Manengo, Hungulo, Makova, Calundungo e Kwanda doando mais de 150.000 merendas escolares por ano. Até ao momento, já fornecemos mais de meio milhão de merendas.

OUTROS APOIOS

  • Reabilitação do centro de formação Deolinda Rodrigues com obras de
    requalificação, contribuindo para a formação de 150 jovens.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *