Julho 20, 2024

Cerca de dois mil empregos serão criados ao longo do Corredor do Lobito quando estiver a funcionar em pleno, de acordo com o ministro dos Transportes, Ricardo D’ Abreu.

“Por um lado, há os empregos directos relacionados com todos aqueles que estarão envolvidos directamente na operação portuária e ferroviária e os indirectos por via de outros sectores”, ressaltou na terça-feira, em declarações à TPA.

Para o consórcio, avançou, existe a obrigação de investimentos na ordem dos 450 milhões de dólares nos próximos tempos.

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *