Maio 19, 2024

Com a produção local de estruturas metálicas de apoio às indústrias, especialmente de torres de telecomunicações e de torres de transporte e distribuição de energia, a empresa Anglobal quer contribuir para a redução das importações desse tipo de bens e serviços para Angola.

A empresa Anglobal quer contribuir para a redução das importações, com a concepção e produção local de estruturas metálicas de apoio às indústrias, em especial torres de telecomunicações, torres de transporte e distribuição de energia e paralelamente, soube a ANGOP.

Segundo o administrador da Anglobal, Paul da Gama, citado numa nota de imprensa a que a ANGOP teve acesso hoje, a empresa quer  promover a integração de capacitação e know-how angolano no desenvolvimento de diversas soluções.

Fez saber que a empresa aposta em energias renováveis, partilha de infra-estruturas de telecomunicações e indústria metalomecânica para o desenvolvimento económico do país.

A Anglobal, precisa o gestor, desenvolve soluções energéticas economicamente viáveis que contribuem para a redução da pegada de carbono e impulsionam a sustentabilidade social, económica e ambiental.

Paul da Gama diz que as soluções da empresa não contribuem apenas para a redução da pegada de carbono, mas também possibilitam a autonomia energética das empresas que as adoptam, impactando positivamente a diversificação económica e a redução do consumo de combustíveis fósseis.

O administrador da Anglobal enfatiza o grande potencial destes três serviços que a empresa apresentou na FILDA, a par das soluções inteligentes de eficiência energética, para promover a diversificação da economia e o crescimento económico.

“A partilha de infra-estruturas de telecomunicações possibilita a expansão rápida e consistente dos serviços para todo o território angolano, inclusive em zonas remotas”, reforçou.

Referiu que as energias renováveis proporcionam um ambiente melhor, maior independência energética, melhor distribuição de energia e maior capacidade de integração das comunidades, o que contribui para o desenvolvimento das regiões, aumenta o potencial produtivo e fomenta o desenvolvimento sustentável.

Destacou que o desenvolvimento da economia digital nas suas diversas formas depende significativamente de telecomunicações eficientes e apesar dos desafios logísticos, o mercado angolano nesta área tem apresentado uma notável evolução

Sobre a Anglobal

É uma empresa fundada em 2003 em Angola que apresenta soluções de engenharia, com foco nas indústrias de telecomunicações e energia.

A Anglobal é também especializada na construção e instalação de sites de telecomunicações, na instalação e comissionamento dos equipamentos da rede, sistema de energia, instalação de fibra óptica e na operação e manutenção de rede e infra-estruturas. 

ANGOP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *