Maio 19, 2024

O Serviço de Investigação Criminal (SIC), deteve, na cidade do Lubango, Província da Huíla, uma mulher que está a ser acusada de matar seu filho de um mês por asfixia, informou, esta quinta-feira, a Rádio Nacional de Angola (RNA).

Em declarações à RNA, o Porta-voz do SIC, inspector Domingos Kitumba, explicou que a acusada de 19 anos idade, terá ingerido duas laminas de sedativo Diazepam após uma briga com o companheiro, de seguida, dirigiu-se a cama onde o filho dormia e apertou o pescoço até a morte.

A mulher vai ser apresentada ao Ministério Público respondendo pelo crime de homicídio qualificado em razão da vítima.

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *