Julho 21, 2024

O Presidente da República, João Lourenço, considerou, este sábado, que o desaparecimento físico do nacionalista, Hermínio Escórcio, “retira de forma trágica, do nosso convívio, uma personalidade de grande estatura política”.

Ao assinar o Livro de Condelencias, João Lourenço destacou Hermínio Escórcio como um nacionalista de primeira linha, diplomata de grande visão, exímio dirigente desportivo e um verdadeiro patriota, que sempre soube assumir posições firmes de liderança, nos complexos processos nacionais em que esteve envolvido directamente. 

Para João Lourenço, a nação acaba de perder um dos seus grandes filhos, que colocou sempre o interesse do seu país acima de todos os outros, no intuito de dar o melhor contributo possível para a construção de uma Angola forte, coesa e independente, voltada para o progresso e para o bem-estar social dos seus cidadãos. 
  
“Expresso neste pungente momento à família enlutada e aos amigos, os meus sentimentos de pesar e a nossa solidariedade e atenções que possam, se isto for possível, ajudar a reconfortar e atenuar o sofrimento que vos assola”, escreveu João Lourenço na sua mensagem.

Joao Lourenço fez-se acompanhar da Primeira-Dama, Ana Dias Lourenço. 

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *