Abril 21, 2024

O Serviço de Investigação Criminal, através da sua Direcção Central de Combate aos Crimes de Corrupção, apresentou nesta segunda-feira, 22, três cidadãos chineses, por crimes de associação criminosa. Os cidadãos em causa estavam envolvidos igualmente em branqueamento de capitais, retenção de moeda, tráfico, detenção de armas e munições proibidas e furto de energia para exploração de uma oficina auto, onde tinham de forma dissimulada um centro de mineração de criptomoedas. De igual modo, foram encontrados mais de 70 milhões de kwanzas, oito mil dólares, duas armas de fogo do tipo pistola de marca Glock, com 100 munições, entre outros meios.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *