Junho 14, 2024

Os suspeitos do ataque de sexta-feira a uma sala de concertos nos arredores de Moscovo, na Rússia, que provocou mais de 135 mortos compareceram na noite de hoje num tribunal distrital da capital da Rússia.

Perante forte presença policial em torno do Tribunal distrital Basmanny, espera-se que a instância determine as medidas de coação para os suspeitos pelo acto de terrorismo ocorrido no Crocus City Hall, um grande complexo comercial na periferia de Moscovo.

Até ao momento, as forças de segurança detiveram 11 pessoas relacionadas com o ataque, das quais quatro participaram pessoalmente no atentado, segundo as autoridades russas.

O ataque, reivindicado por um grupo filiado no movimento ‘jihadista’ Estado Islâmico (EI), foi o mais mortífero em solo russo os últimos anos.

O número de mortos no ataque aumentou para 137, incluindo três crianças, anunciaram hoje investigadores russos, referindo que foram encontradas armas e munições no local.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *