Julho 21, 2024

O Executivo angolano garantiu não subir preço dos combustíveis depois da retirada dos subsídios no dia 30 de Abril.

A redacção

A informação foi avançada pelo Ministério dos Transportes, através da Agência Nacional dos Transportes, durante o encontro que juntou aquele departamento ministerial com a Associação Nacional dos Taxistas de Angola (ANATA).

O certame visou quebrar o silêncio que constituía ruído, face a especulação sobre alegada subida dos preços dos derivados do petróleo, com a retirada da subvenção a gasolina, cuja medida entrará em vigor no dia 30 de Abril, do ano em curso.

Segundo Francisco Paciência, Presidente da ANATA, “o Executivo ainda não concluiu o estudo nas 18 províncias para aferir a proposta do preço tendo em conta as diferentes realidades sócioeconómicas, mas garante que o que vai acontecer no dia 30 de Abril é apenas a retirada da subvenção aos cartões dos taxistas e não a subida do preço dos combustíveis”, disse.

Entretanto, o governo espera pelas propostas das associações. Alerta que “as referidas propostas devem ter como fundamentos o actual contexto socioeconómico”, refere a fonte.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *