Junho 14, 2024

Com o objectivo de manter-se na liderança, o Petro de Luanda espera vencer o Kabuscorp do Palanca, em partida a disputar hoje, às 16h00, no Estádio 11 de Novembro, pontuável para a 27.ª jornada do Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão, Girabola.

O dérbi de Luanda é de maior importância para a equipa do Eixo Viário, pois a diferença pontual com o Sagrada Esperança, é mínima,  54 e 53, elemento que torna o final de época renhido.

O treinador Alexandre Santos sabe de antemão que a sua equipa não deve cometer erros, caso queira vencer e conquistar o título mais cobiçado a nível do futebol nacional. Com a vantagem sobre o Kabuscorp, 3-0, conseguida na primeira-mão, repetir o feito não se afigura uma tarefa difícil para os petrolíferos que já “visualizam” o tricampeonato.

Na quarta posição, com 42 pontos, os palanquinos estão conscientes do grau de dificuldades a enfrentar no reduto dos adversários, tal como garantiu ao Jornal de Angola, o técnico-adjunto, Simão Paulo. Para isso, é necessário preparar uma equipa capaz de contrapor todo o favoritismo dos tricolores.

Depois da derrota sofrida na jornada passada frente ao Sagrada Esperança, 3-2, além de redimir-se, a equipa da Rua F do Palanca quer travar os petrolíferos e somar pontos e subir mais um degrau na tabela, pois o terceiro lugar permite disputar a Taça das Confederações, na próxima temporada.

A viver um bom de forma, o avançado Ben Arfa, melhor marcador do Girabola com 14 golos, certamente será um dos elementos dentro das quatro linhas, a merecer uma atenção redobrada por parte do sector defensivo tricolor. No jogo da primeira volta o goleador foi incapaz de “bater” o guarda-redes Hugo Marques.

Outros jogos da ronda

Na Lunda-Norte, o Sagrada está com esperança de voltar a conquistar o título que foge nas hostes diamantíferas desde 2021, mas para isto, precisa sair vitorioso do desafio de hoje, às 15h00, quando defrontar o Desportivo da Huíla, no Estádio do Dundo. 

O Sagrada Esperança, motivado pela vitória sofrível frente ao Kabuscorp do Palanca, depende simplesmente de si, para somar pontos e continuar a luta pelo troféu até ao final da época e “sonhar” com uma derrota dos tricolores.

A mesma motivação recai para o lado dos militares da Região Sul, que vem igualmente de um triunfo na ronda passada, 3-0, diante da União de Malanje e procura somar pontos para fugir da sétima posição, razão pela qual o jogo é aguardado com expectativas.

No duelo dos aflitos, o penúltimo classificado, com 19 pontos, Recreativo do Libolo recebe o Sporting de Cabinda, 12.º na tabela com 20, às 15h00, no Estádio de Calulo. Uma partida que se antevê renhida, onde os dois conjuntos tudo vão fazer chamarem a si o triunfo.

Nesta fase os leões do Norte não respiram o ar puro da floresta de Maiombe e em caso de derrota diante do Libolo, automaticamente descem à zona de despromoção. Ainda para a mesma ronda, a lanterna vermelha com 18 pontos , Clube União de Malanje recebe o sexto classificado (36), Wiliete de Benguela, às 15h00, no Estádio 1.º de Maio.

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *