Julho 21, 2024

 O Ministério das Relações Exteriores assegurou, esta segunda-feira, que está empenhado em contribuir para a igual participação das mulheres na diplomacia, “criando um ambiente que proporcione uma maior igualdade” de oportunidades de acesso na carreira e uma participação mais inclusiva em concursos e processos de admissão.Numa mensagem em alusão ao Dia Internacional da Mulher na Diplomacia, que se assinala hoje, o ministro das Relações Exteriores, Téte António, felicitou as funcionárias do MIREX.”Sentimo-nos orgulhosos pelo número considerável de embaixadoras, cônsules Gerais, directoras, directoras adjuntas e chefes de departamento actualmente em funções no Ministério das Relações Exteriores”, escreveu na missiva enviada ao JA Online.  Na mensagem, o chefe da diplomacia angolana expressou também profundo apreço e gratidão pela forma profissional e abnegada como as mulheres têm desempenhado as funções em representação de Angola no mundo, “por vezes em circunstâncias muito difíceis neste contexto internacional de particular complexidade político-diplomática”.Para o Ministério das Relações Exteriores, sublinhou o ministro, a carreira diplomática deve ser sempre a expressão real dos valores defendidos pela política externa de Angola.Apesar das suas inegáveis contribuições, admitiu, as mulheres “ainda continuam a enfrentar barreiras e desigualdades na diplomacia”, para quem o Dia Internacional da Mulher na Diplomacia procura responder a estes desafios e ressaltar a importância estratégica da liderança das mulheres nos processos de tomada de decisão política.

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *