Maio 19, 2024

A 3ª edição da Angotic 2023 – Fórum Internacional de Tecnologia de Informação e Comunicação Social -, que começa hoje, dia 12, e prolongar-se-á até quarta-feira, 14, no Centro de Convenções de Talatona, em Luanda, vai juntar 150 empresas do sector, perspectivando um autêntico salão de debate das TIC, no dizer de Matias Borges, director nacional das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, quadro sénior do Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, instituição organizadora do evento.

Esta manhã, o certame, que ficou interrompido durante dois anos por causa da pandemia da Covid-19, abre às 8:00, uma  hora antes do  Presidente  da República, João Lourenço,  proceder à  inauguração oficial.

Ao longo de três dias, espera-se que visitem a Feira oito mil visitantes (tão longe do tempo em que eram quatro mil), mas também é referência em tendências, e mostra como uma feira pode se tornar um show, com grandes marcas, grandes ideias, comunicação visual de primeira e diversão.

A programação inclui temas de interesse universal como as  reuniões/debates, designadamente  sobre  “Indústria Espacial e Tendências”,  Modelo de Negócios  para Tecnologia Espacial”, “Conectividade e Modernização Tecnológicas”, entre outros. onde estarão presentes, conferencistas provenientes do Lesoto, África do Sul, Estados Unidos da América, Canadá, Espanha, Sérvia, Portugal, Zâmbia, Costa do Marfim, Suécia, Argentina, Etiópia, Malawi, São Tomé,  Japão, Reino Unido, Brasil, Nigéria, Uganda, França e  Namíbia.

De acordo com o director nacional das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, nesta terceira  edição “termos muitas surpresas, pois teremos o mundo em Angola”, argumentou.

O sector  das startups é  outro dos pontos de interesse da Feira, que este ano, num sentido inverso ao da conjectura económica, marcam presença  (95) mais de 40% de  expositores do que na edição passada.

Todos os dias, após o encerramento, o exterior do espaço recebe uma grande festa com a participação de nomes sonantes da música angolana.  Nesta edição,  o cartaz de espectáculos prevê concertos de Afrikanita, Rui Orlando, Domingos,  Baptista Jorge Sky, Toty Sá’ Med e os Djs Paulo e Márcio Alves.

A cerimónia de encerramento  , segundo Matias  Borges, contará com o discurso do ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social. . E “vão ser entregues prémios às empresas que mais se destacarem”,  detalha,  sublinhando que “estão reunidas todas as condições para uma edição bem-sucedida”.

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *