Fevereiro 25, 2024

A Omatapalo, reuniu hoje, 28, mais de 1900 crianças de mais de 10 lares de acolhimento, na comeração do seu vigésimo aniversário.

Por: Paulo César

As 1900 crianças, que em conjunto com os colaboradores, da empresa fundada na província da Huíla, pertencem a 10 lares de acolhimento em Luanda, Benguela e Huíla,

A Omatapalo contribui para os lares de acolhimento com uma doação de quase duas toneladas de bens alimentares.  

A OMATAPALO e o Banco Alimentar Angola criaram um programa de combate à fome e de incentivo à produção nacional, naquela que constituiu uma das iniciativas que irá, ao longo dos próximos 12 meses, assinalar os 20 anos de actividade da OMATAPALO, que se celebram hoje, dia 28 de Junho, e que pretendem reafirmar o envolvimento do Grupo com o bem-estar das comunidades e o futuro do país.

Os lares de acolhimento envolvidos nesta iniciativa são AACRA, Arnaldo Jansen, Lar Santa Isabel, Horizonte Azul, Mamã Muxima, AAVO, Lar da Nazaré e Jovens em Cristo, em Luanda, Lar Santa Paula Frassinett, em Benguela, e Centro de Acolhimento Ninho, no Lubango, Huíla.

O programa da OMATAPALO e do Banco Alimentar Angola reflecte o compromisso da empresa com o desenvolvimento sustentável e o combate à fome, incluindo por via do apoio à produção agrícola nacional, em especial nas regiões mais afectadas pela insegurança alimentar.

O programa, que terá início neste ano, passa pelo apoio a agricultores da região Sul, com a doação de sementes, fertilizantes e ferramentas, assim como apoio à formação especializada. O objectivo é promover a agricultura autossustentável, a auto-suficiência alimentar das populações e o escoamento dos excedentes para outras comunidades nacionais. 

No quadro desta parceria, a OMATAPALO e o Banco Alimentar Angola vão trabalhar em conjunto na identificação e análise de áreas afectadas pela fome e insegurança alimentar, desenvolver estratégias e planos de acção para combater estes problemas e promover a educação nutricional e de boas práticas alimentares, com a empresa a mobilizar recursos financeiros, humanos e tecnológicos para o projecto.

“O apoio às comunidades e o alinhamento com as políticas de desenvolvimento do país, com foco na sustentabilidade, fazem parte do ADN da OMATAPALO, que celebra o seu 20.º aniversário de olhos postos na busca de soluções que contribuam para o bem-estar de todos os angolanos, em especial os mais vulneráveis e necessitados”, afirma Carlos Alves, Presidente do Conselho de Administração da OMATAPALO.

“O programa com o Banco Alimentar, que é uma das iniciativas previstas para assinalar estes 20 anos de história, demonstra o nosso empenho no desenvolvimento de soluções que vão ao encontro das necessidades das populações e do país”, acrescenta.

“A insegurança alimentar continua a ser um problema em algumas regiões do país, e estamos todos convocados para dar o nosso contributo no sentido de reduzir a sua incidência. O Banco Alimentar Angola aplaude a iniciativa da OMATAPALO, de associar-se a esta causa, mostrando que é uma empresa socialmente responsável e empenhada no desenvolvimento das comunidades”, refere Henrique Nunes, do Banco Alimentar Angola.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *