Maio 23, 2024

O Serviço de Investigação Criminal(SIC) deteve, na última quinta-feira, em Luanda, dois cidadãos nacionais, padrasto e enteado, acusados de crime de homicídio, no município do Cazenga.

Segundo o Porta-voz do SIC em Luanda superintendente-chefe, Fernando de Carvalho, o facto ocorreu no passado dia 18 de Dezembro do ano findo, no Distrito Urbano do Hoji Ya Henda, bairro Ilha da Madeira, no interior de uma residência, quando os implicados (Padrasto e  Enteado), sob suspeitas de que a vítima teria furtado uma TV Plasma da sua residência, procuraram e localizaram o mesmo nas imediações dos Armazéns do Hoji Ya Henda, local onde prestava serviço de intermediário e, sob coação, levaram-no até a residência em que habitavam.

Em casa, seguiram-se momentos de tortura para que a vítima confessasse o furto do referido meio, até que um dos implicados, o enteado, apossou-se de uma faca de cozinha e desferiu um golpe na região do abdómen da vítima. Socorrido para uma Unidade Hospitalar próxima, não resistiu ao ferimento e acabou por morrer.

Chamados a intervir, os efectivos do SIC no Cazenga constataram que a vítima, solteiro de 21 anos, partilhava o mesmo quintal com os implicados na residência em que foi morto, avançou o Ministério do Interior, no Facebook.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *