Maio 24, 2024

Vinte mil e 500 litros de gasóleo, com destino a vizinha República da Namíbia, foram apreendidos nos últimos sete dias, pelos efectivos da Polícia Nacional, na província do Cunene, por tentativa de contrabando.

O combustível avaliado em três milhões e 700 mil kwanzas, (360 kz o litro) estava acondicionado em recipientes plásticos, de 200, 100 e 25 litros, com objectivo da sua comercialização em território namibiano.

O facto foi tornado público este sábado pelo director em exercício de Comunicação Institucional do Comando provincial da Polícia Nacional, Inspector Samuel Casaco, referindo que o combustível foi adquirido supostamente nos postos de abastecimentos de Ondjiva, Namacunde e Ombadja.

Durante o acto, o responsável  fez igualmente a apresentação de diversos bens que haviam sido furtados e roubados em residências e não só, recuperados por  especialistas do Departamento de Ilícitos Penais (DIIP).

Dentre os bens constam oito viaturas, nove motorizadas, três armas de fogo tipo pistola, 18 botijas de gás butano, 10 telemóveis, oito televisores plasma, dois computadores, três máquinas de corte de cabelo, 25 cabeças de gado (sendo 15 caprinos e 10 bovinos), material de construção e 106 mortalhas de estupefaciente.

Por suposto envolvimento desta acção, disse que foram detidos 32 cidadãos nacionais, como presumíveis autores destes crimes, tendo já sido presentes ao Ministério Público.

Entretanto, referiu que a operação decorreu no período de 31 de Dezembro a 7 de Janeiro, objectivo de mitigar e esclarecer os crimes de natureza diversa de forma a devolver o espírito de segurança as populações.

ANGOP

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *