Julho 21, 2024

EDITORS NOTE: Graphic content / People look at bodies in the street after gang-related violence in the capital of Port-au-Prince, Haiti on April 24, 2023. - More than 530 people have been killed this year in gang violence in Haiti, the United Nations said on March 21, 2023 with many killed by snipers shooting victims at random. (Photo by RICHARD PIERRIN / AFP)

O governo de Haiti decretou o estado de emergência e um recolher obrigatório em Porto Príncipe, devido a “deterioração da segurança” e aos ataques a duas prisões por bandos armados.

O Governo informou, no domingo, que para “restabelecer a ordem e tomar as medidas adequadas para recuperar o controlo da situação”, o recolher obrigatório vai vigorar entre as 18h00 e as 05h00 de segunda, terça e quarta-feira.

A decisão não afecta o normal funcionamento dos escritórios da administração pública, escolas, indústrias e estabelecimentos comerciais. A medida não afecta também membros das forças de segurança em serviço, bombeiros, condutores de ambulâncias, pessoal médico e jornalistas devidamente identificados.

Quase 3.600 presos fugiram da prisão civil de Porto Príncipe, na sequência de ataques de gangues armados no sábado à noite, indicou o Coletivo de Advogados de Defesa dos Direitos Humanos haitiano.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *