Julho 21, 2024

O Movimento dos Estudantes Angolanos (MEA) começa esta terça-feira, 11, a recolher assinaturas de estudantes para um abaixo assinado a fim de pressionar o governo para a redução do valor de 150 kwanzas, determinado para a taxa de cada viagem em transportes públicos em Luanda.A informação foi avançada pelo presidente do MEA, Francisco Teixeira, que falava esta segunda-feira à emissora católica de Angola, tendo avançado que a recolha começa às 9 horas, no Largo das Escolas, defronte ao Gabinete Provincial da Educação de Luanda, e termina no dia 14 de Junho corrente.A razão, de acordo com Francisco Teixeira, deve-se ao facto de os estudantes estarem a enfrentar dificuldades para continuar as suas deslocações para as escolas, devido a falta de capacidade dos seus encarregados. “Não aceitamos a actual realidade de 150 kwanzas, porque temos a noção que periga o futuro de milhares e milhares de crianças e estudantes. Nós, o MEA, vamos continuar com a nossa luta e a nossa causa que é defender os estudantes”, justificou.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *