Julho 20, 2024

O Banco Mundial vai disponibilizar 250 milhões de dólares para financiar o Projecto de Empoderamento das Raparigas e Aprendizagem para Todos, anunciou, ontem, a gestora do projecto, arquitecta Irene Figueiredo, em entrevista à Rádio Nacional de Angola.

O montante vai servir para financiar o projecto “PAT 2”, com uma vigência de actuação de cinco anos, disse Irene Figueiredo.

De acordo com a gestora do projecto, os 250 milhões de dólares estão estruturados em várias componentes, incluindo o da saúde sexual reprodutiva das raparigas e dos rapazes, ensino de jovens e adultos, atribuição de bolsas de estudo, construção e reabilitação de escolas e de áreas de formação.

Irene Figueiredo esclareceu que o Pate 1 é um projecto virado para os professores do Ensino Primário, com vista a melhoria das suas competências.

“Em relação ao Pat 1, formámos acima de 15 mil professores do Ensino Primário. Este é um projecto que estava em todas as províncias, mas relativamente à dimensão do país, reconhecemos que é reduzido. Temos muitas outras frentes e outras necessidades, mas, ainda assim, podemos dizer que o Pat 1 foi positivo”, avaliou. Para o PAT 2, acrescentou, a expectativa é melhorar.

A ministra da Educação, Luísa Grilo, afirmou, por sua vez, que um dos objectivos do projecto PAT 2 é resolver o problema da gravidez precoce. “O objectivo fundamental é procurar resolver o problema da gravidez na adolescência, porque ao longo do tempo verificamos – e os estudos mostraram – que as raparigas, depois de acabarem o Ensino Primário, dificilmente concluíam o Ensino Secundário, por várias razões, mas a de maior peso para nós é a problemática da gravidez precoce”, lamentou.

JA  

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *